O paraíso quase secreto

Por aqui, a vida corre devagar, na união do Rio João de Tiba com o mar, no pequeno povoado com 800 habitantes, agraciados por belas paisagens. Praias desertas semi-virgens emolduradas pela mata atlântica. Destino para recarregar as energias na tranquilidade proporcionada pela natureza.

Área de proteção ambiental, Santo André possui manguezais que são zonas de elevada produtividade biológica. A conservação deles em toda sua extensão também é de importância social por serem berçários para os recursos pesqueiros, sustentando direta e indiretamente mais de 1 milhão de pessoas. 

Além da pesca, o turismo é outra fonte de renda à região que é sem dúvida a melhor surpresa da Costa do Descobrimento no Sul da Bahia pertencente ao município de Santa Cruz Cabrália. Um cenário de águas calmas, mangues e coqueirais com praias completamente preservadas.

A rua principal de terra com muitos quebra molas vai beirando o rio, continua paralela ao mar até se encontrar novamente com a estrada de asfalto que leva a Santo Antônio (8 km), Guaiú (14 km) e termina no município de Belmonte (50 km) onde o rio Jequitinhonha desemboca no mar, ela dá acesso às pouco mais de uma dezena de pousadas e a quase todos os restaurantes da pequena e acolhedora vila.

Eventos

Festival da Lagosta: o evento acontece em meados do segundo semestre, entre os meses de setembro e outubro. Com participação dos principais restaurantes da região que servem pratos com o crustáceo durante uma semana inteira e disputam entre si a preferência do júri e do público. Uma oportunidade imperdível de saborear lagosta fresca preparada das mais variadas formas. Saiba mais

Passeio de barco pelos recifes:

Coroa Alta e Corais de Araripe, banco de corais e parque marinho. Pontos de mergulho com uma infinidade de espécies de peixes.

Pesca oceânica:

um dos melhores lugares do mundo à pesca do marlin azul. A 32 milhas náuticas da vila está o Royal Charlotte Bank, uma plataforma continental que atrai cardumes de peixes de grande porte.

Gastronomia

Entre a alta gastronomia, Santo André é também referência de qualidade no quesito alimentação. Restaurantes para comer frutos do mar. Comida que traz consigo conforto e sabor, temperada por ingredientes frescos da região.

Maria Nilza: comida regional. Tem redes para descanso espalhadas pelo local no povoado do Guaiú
Casa Praia: comida variada num coqueiral de frente ao mar
Aroeira: comida caseira
Luz de Minas: lanches e massas.
Almescla: comida típica regional
Corsário bistrô: contemporânea de frente para o rio
Gaivota: frutos do mar. Para se deliciar a beira-rio
Sant'Anas: culinária italiana, massas
Luz de Minas: lanches e comida variada
Biri birí: comida típica e contemporânea
Orquídea: comida típica e massas
Victor Hugo: Peixes e frutos do mar, contemporânea
Paralelo 16: pizza e hambúrguer
Oficina do sabor: guloseimas típicas do tabuleiro baiano

Travessia de barco no João de Tiba:

passa por áreas de manguezais onde é possível observar a flora e a fauna típicas da mata Atlântica.

Artesanato

venda de diversos produtos feitos por artistas locais.

Visita a reserva indígena Pataxó:

o projeto Proecotur estimula o ecoturismo e a preservação cultural. São mais de 800 hectares de vegetação nativa com ocas por toda a extensão. Os indígenas recebem os visitantes vestidos e pintados de forma tradicional, apresentam-lhes seus rituais e costumes. Há ainda a venda de artesanato e de comida típica, como o peixe assado na folha da patioba, palmeira utilizada também na confecção de redes. Duas trilhas podem ser percorridas dentro da reserva: ao final, os visitantes podem participam do Auê, um ritual típico.

Esportes:

os mais praticados na vila são o surf, vela, caiaque, snorkeling, kitesurf e stand-up paddle.

Passeio de jipe:

por 40 km de praias, de Santo André à Belmonte, cidadezinha história da região, com paradas para mergulho e almoço em vilas de pescadores. Alugar um carro ou contratar táxi.

Comércio:

Mercado Maciel
Mercado Pombal
Lojas Santo André: roupas em geral
Não há caixas eletrônicos na Vila, somente em Santa Cruz Cabrália

Praias:

Ponta de Santo André: é a praia próxima do povoado no encontro do rio com o mar, de frente as ilhas, é Indicada para banhos, pesca e mergulho.

Jacumã é o verdadeiro nome da praia na frente da pousada Araticum, mas é conhecida como praia de Santo André.

Das tartarugas: a três quilômetros do povoado, inicia pouco depois da pousada Araticum e se estende até os corais. tem piscinas naturais que se formam na maré baixa emoldurada pela areia grossa, coqueiros e a mata atlântica.

Praia das Conchas: fica depois dos corais costeiros no fim da praia, chega caminhando por uma trilha pelo mangue.

Ponta de Santo Antônio: a nove quilômetros da vila, é rústica e semi deserta, fica em Santo Antônio. O mar tem ondas fracas e águas claras.

Guaiú: a 16 quilômetros da vila, também é uma praia deserta de mar aberto. O acesso se dá pela aldeia dos pescadores de Guaiú.

© 2020 - Todos os direitos reservados para Vila Araticum

Reservar

Open chat
Precisa de ajuda?

A retomada gradual e monitorada das atividades na Vila Araticum será feita mediante cumprimento dos protocolos de segurança sanitária estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde regulamentadas pela OMS. Clique para acessar nossos protocolos.